segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Nhoque de Ricota Light

Eu amo massa! Acho que de todos os pratos, definitivamente, uma boa pasta é aquele que mais me agrada. Contudo, quando há necessidade de enganar o paladar para satisfazer as vontades de gordudices, nada melhor que as boas idéias dos pratos lights.
O nhoque de ricota eu encontrei no site receitas.com. Fiquei com o texto salvo aqui nos rascunhos do blog alguns meses. Outro dia resolvi testar. E não é que o negócio ficou ótimo!?!
Meu pai, que não é muito fã de nhoque (o tradicional, feito com batatas) amou essa versão feita com ricota. E então, já que fez sucesso, pensei: essa vai ter que ir para o blog!
Então vamos lá com a mão nessa falsa massa!


Amasse 400g de ricota com um garfo (é uma ricota daquelas pequenas redondinhas). Junte a ela 1 colher (das de sopa) de queijo parmesão (se for light seu prato ficará ainda menos calórico!). Misture bem. Agora bata um ovo com o garfo, junte aos queijos e acresça 1 colher (das de sopa) de farinha de trigo. Amasse bem com as mãos até que fique com a consistência semelhante à de uma massa. Leve à geladeira por trinta minutos.
Nesse tempo, vamos ao molho. No site desta receita eles indicam fazer um molho refogando polpas de 4 tomates e 1 fio de azeite. Deixe apurar e, ao final, coloque um pouco de manjericão picado.
Eu não fiz assim! Como a minha cozinha é prática, eu usei uma lata de tomates pelados e mais um vidro de molho de tomates (daqueles italianos maravilhosos que temos à disposição em qualquer supermercado!). Mexi bem, coloquei uma pitada de sal. Prove sempre para ver se o sal está no ponto. Uma boa dica para retirar um pouco a acidez do molho de tomate é colocar 1 colher (das de chá) de açúcar. Faz uma diferença considerável.
Bom, durante os trinta minutos que a massa ficará na geladeira, o seu molho ficará em fogo médio. Vá mexendo aos poucos para não pegar no fundo da panela.
Passado esse tempo, abaixe o fogo e vamos às bolinhas do nhoque! O molho de tomate pode ficar horas no fogo! Aliás, quanto mais ficar ali refogando, mais saboroso. Mas não esqueça de mexer de tempos em tempos! 
Agora coloque água para ferver em uma panela.
Pegue a massa que está na geladeira, junte mais 2 colheres (das de sopa) de farinha de trigo. Amasse bastante com as mãos e assim que estiver bem homogênea comece fazer as bolinhas. Existem duas formas. Uma, é você fazer um rolinho e ir cortando as bolotinhas. A outra é enrolar igual fazemos com brigadeiro. Fique à vontade para fazer da forma que for mais conveniente para você.
A água ferveu? Então está na hora mais gostosa da receita! Colocar as bolinhas, aos poucos, nesta água. Elas ficarão no fundo por uns minutos e depois vão subir e ficar na parte superior da panela. Eu acho o maior barato essa subida das bolotinhas! Retire-as com uma escumadeira e reserve já na vasilha que irá servir o nhoque.
Feito esse procedimento com todas as bolinhas, junte o molho por cima, salpique folhas de manjericão e sirva!
Eu ainda coloquei um pouquinho de parmesão no prato, por cima, pois acho que dá um toque final bem interessante.
Espero que gostem! É uma dica fácil, de baixo custo e teor calórico.
Bon appétit !

4 comentários:

  1. Ué, para onde foi meu comentário???! =/

    Dri, essa receita serve bem um casal de leões famintos? =) Vou fazer essa pro Alex!

    Beijo,

    Ciça

    ResponderExcluir
  2. Serve muito bem, Ciça! Eu resolvi fazer uma receita dupla para 4 pessoas porque achei que não fosse dar e sobrou a metade. Ou seja, uma receita dá bem para vocês dois e ainda para mais um! Depois me conte se fez sucesso! Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Dri:

    Fiz e ficou ima delícia!!! Bjs.

    Elenize

    ResponderExcluir
  4. Que ótimo, Elenize! É muito gostoso, mesmo, né!

    ResponderExcluir