domingo, 8 de janeiro de 2012

As delícias gastronômicas das férias em NY

New York City... a cidade que te engole!
Um sensação arrebatadora foi a que tive ao ver, pela primeira vez, a cidade do mundo. Sim! Do mundo! A cada esquina ouvimos mais de cinco idiomas diferentes. Pessoas de todos os cantos do planeta são vistas naquele lugar.
Uma selva de arranha-céus de arquiteturas diversas. Tudo junto e misturado como gostamos de brincar por aqui. Uma cidade de luzes, muitas luzes! As do natal então! De enlouquecer pela beleza e abundância.
Este é um lugar que quando chegamos queremos fazer tudo ao mesmo tempo. Mas não há tempo para quase nada... Passeios, compras, teatros, museus, restaurantes. Queria mais um mês por lá! E tenho certeza que não seria suficiente para saciar a minha vontade de ver, comer e sentir todos os prazer que esse lugar tão fantástico tem a oferecer.
Um único ponto realmente negativo para mim foi o ritmo alucinante que invade não apenas as calçadas, mas também os prazeres da mesa. NY peca pela pressa. Ao sentar em um restaurante somos obrigados a escolher imediatamente o que queremos comer. Findo o prato, o garçom já está ao seu lado com o cardápio da sobremesa. Terminada esta, logo vem a pergunta se queres um café. Antes que se dê o último gole, a conta está na mesa. "Time is money". Tempo é dinheiro mesmo por lá! Nada de ficar horas tomando um vinho para depois comer, conversar e curtir o restaurante. Se quiser beber e papear, vá a um bar. Restaurante é para comer! E lá eles conseguem o que para mim parece quase uma mágica. Cinco, no máximo dez minutos após o pedido seu prato está ali à sua frente, maravilhoso! As apresentações são perfeitas. E o sabor também.
Vou deixar aqui para vocês hoje dicas de alguns restaurantes e pratos perfeitos que tive o enorme prazer de degustar por lá.

O primeiro deles é o Patis, um bistrô francês localizado no distrito de Manhattan, em Meatingpacking, cuja cozinha está sob o comando dos chefs Riad Nasr e Lee Hanson e Chef de Cuisine Pascal Le Seac'h.  O prato abaixo foi o que eu escolhi, uma massa que parece um penne, porém, se vocês prestarem bastante atenção na foto, verão que é dobradinho, provavelmente uma massa artesanal. Simplesmente perfeito, com cordeiro (minha carne predileta) tomatinhos, erva-doce e parmesão. Imperdível! Quem for a NY deve passar por lá!

O segundo é o Balthazar, no Soho, também francês, e também com cozinha comanda por Riad Nasr e Lee Hanson. Lá comi um Confit de pato com batatas crocantes, cogumelos selvagens e salada frisee simplesmente divino!

O terceiro é o Cipriani Dolci, localizado na Estação Central. Um lugar lindo, lindo, lindo! Nesse dia eu arrasei no pedido! Um Panzerotti caseiro com ricota e trufas negras. Um sabor inexplicável, suave, leve, um verdadeiro néctar dos Deuses!

A quarta maravilha gastronômica que tenho a apresentar-lhes vem de um restaurante muito charmoso, moderno e cheio de delícia, o Serafina. Lá eu comi, nada mais, nada menos, que um ravioli em formato de coração, recheio e molho de lagosta. Uma verdadeira explosão de sabor!

E para completar a minha farra gastronômica desse dia, pedi uma sobremesa que eu amo: a pancotta.
Vejam a apresentação do prato que "MARRAVILHA!"

O quinto prato que escolhi para postar aqui para vocês é do Rock Center Cafe, que fica no Rockefeller Center. Um Calamaretti com camarão, mexilhões, ostras, tomates, pimentão, alho, vinho branco e Salsa. Pela foto dá quase para sentir o aroma... Hummm... Só de lembrar sinto o sabor daquela massa divina que me aqueceu na gelada noite de janeiro de NY...

E nessa mesma noite também não resisti ao famoso Cheese Cake que a cada esquina você tropeça na cidade do mundo. Cada um mais alto e lindo que o outro. E verdade seja dita, além de lindo, o sabor é fantástico!

Um restaurante tipicamente americano e que dá medo de pedir qualquer coisa no cardápio em razão das milhões de calorias é o Olive Garden. Um medo que se mistura com água na boca e o pecado da gula!
Cometi a loucura de escolher um prato com 1030 calorias!!! Sim, é isso mesmo! Comi numa simples noite todas as calorias que costumo ingerir num dia inteiro! Mas valeu muito a pena!
E eu ainda quero descobrir a receita dessa lasanha frita, porque ela é saborosíssima!
Peças de lasanha à milanesa, fritas e servidas com molho alfredo, cobertas com queijo parmesão e molho de marinara. Sintam o drama!

Por fim, como não poderia deixar de ser, experimentei o tão famoso Chili Hot Dog dos carrinhos que vemos nas ruas de NY. Não são todos que vem o molho "chili". Mas, sem dúvida, é o melhor de todos!


Bom, então após muitas caminhadas por NY, bolhas nos pés, compras e mais compras, central park, museus e essa verdadeira farra gastronômica à qual me dei ao direito nessas férias, resta-me ir em busca de bons pratos de saladas e outras delícias mais leves e menos engordativas... Vi logo que cheguei várias pessoas postando no Facebook que uma das promessas do ano novo é fazer dieta. Pois então, que a dieta, além de saudável, seja saborosa. Me aguardem que pesquisarei delícias lights para nós! Um ótimo 2012!
Bon appétit!

9 comentários:

  1. Noooossa, que viagem caprichada, hein! =)

    ResponderExcluir
  2. Foi mesmo, Ciça! Abusei na farra gastronômica :-)

    ResponderExcluir
  3. Na proxima eu vou junto!
    Nandinha

    ResponderExcluir
  4. Fantástica essa experiência heim Adriana! Parabéns pelas escolhas dos restaurantes e pelo bom gosto dos pratos. E olha que é difícil ir a NY e não se perder nas compras e nos museus e deixar a comida em segundo plano. Samira

    ResponderExcluir
  5. E olha que me perdi bem nessas compras... Rsrs... Mas da para conciliar. A cidade é fantástica!

    ResponderExcluir
  6. Tereza horta lobato4 de dezembro de 2012 00:18

    Drica vou seguir suas sugestões estou com água na boca!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois me conte quais você foi e o preferido, Tê!

      Excluir
  7. Drica vou seguir todas as sugestões água na boca

    ResponderExcluir